Green Building Council exam demo Google exam demo
5 julho

7 passos para ter sua própria revista digital

Pessoas produzem histórias todos os dias e reunir as melhores sempre foi o segredo das grandes publicações. Hoje, com a praticidade das ferramentas digitais e da troca de conteúdo está mais fácil compilar e contar histórias, e com um pouco de planejamento é possível produzir um título viável comercialmente e interessante editorialmente.

Neste post, vamos apresentar 7 passos de como fazer uma revista digital e levar seu assunto para o maior número de pessoas. Essas dicas são resultado de nossa experiência de mais de 5 anos na publicação de revistas e já traz os macetes do que funciona e o que não funciona no mercado de digital publishing.

1 – Defina o objetivo de sua revista

Pode parecer óbvio mas responder a esta pergunta abaixo facilita todo o processo de planejamento da publicação e corrige desvios de rota à medida que o projeto avança:

Qual o objetivo da minha revista?

O objetivo precisa ser claramente expresso e de fácil compreensão para os outros. Procure ir além do objetivo básico de informar. Vislumbre como o uso da informação publicada será utilizada pelas pessoas. Exemplos: Fomentar o mercado, Educar o público, Defender a causa.

2 – Quem é seu público?

Por mais entendido no assunto que você seja é essencial fazer entrevistas com quem você imagina ser seu público-alvo. Não fique apenas na estratificação de grupo (Homens, classe AB, 30-45 anos…). Saber gostos, hábitos de compra e detalhar seu público é essencial para o sucesso da empreitada.

3 – Formas de captação de receitas

Existem algumas formas de captação de receitas para uma revista digital. Os tradicionais anúncios de página são os que ainda viabilizam grande parte das publicações. No entanto, considere a possibilidade de assinaturas online. O que tem sido comum em alguns títulos é oferecer algumas páginas ou edições de forma gratuita para atrair o público e então cobrar pelo conteúdo completo. Considere também partilhar seu conteúdo em blogs e ganhar receita por meio do Google AdSense e, caso sua revista tenha uma função social, avalie ações de crowdfunding.

4 – Distribuição

Antes de sair produzindo texto e artes, vale pensar nas formas de distribuição da sua publicação. Além da ferramenta onde estará embarcada – que normalmente tem suas newstands como o nosso Play Revistas (http://playrevistas.com/) – é estratégico que sua revista tenha seu próprio site, um blog para atualizações e redes sociais para compartilhamento de conteúdo. E em todas as ações de divulgação de sua revista pense em formas de formar uma base de e-mails. Assim, não irá depender de mídia e irá diretamente para a caixa de email de seu público.

5 – Design

Aqui são duas dicas simples: bom gosto e experiência. Produzir uma revista requer ambas qualidades e tente não negligenciar nenhuma. Ter um designer com trabalhos de qualidade e reconhecido bom gosto vai lhe garantir surpresas positivas a cada edição e a experiência vai lhe poupar dores de cabeça com encaixe de conteúdo.

6 – Conteúdo

Vamos começar pelo mais importante: boas histórias! Liste uma série de pautas incríveis e que provavelmente irão gerar repercussão. Depois de listar algumas dezenas de histórias (sim, aqui é hora de fazer o brainstorming e soltar a imaginação) faça uma hierarquia de temas de capa, secundários e de menor relevância. Agora se debruce sobre os temas da primeira edição e veja quais as possibilidades de desdobramento de conteúdo. Vídeos, infográficos, animações, áudios? Lembre-se que a capacidade de engajamento de seu público será diretamente proporcional à quantidade (e qualidade) de seus desdobramentos.

7 – Mãos à obra

Com seu planejamento definido e seu conteúdo mapeado, basta colocar sua equipe em ação.

Não esqueça de rechear seus textos com palavras-chave do seu setor (uma passadinha na ferramenta de palavras-chave do Google Adwords é essencial) para indexar seu conteúdo nas ferramentas de busca. E coloque uma atenção no processo final de revisão. Pequenos erros podem gerar um grande dano ao seu trabalho.

Boas publicações!


Comments Closed

Os comentários estão encerrados.